MUSICOGRAMA

Nova série musical da TV Brasil estréia no dia 3 de maio
 
 
Apresentar a música popular brasileira às novas gerações. Esta é a proposta de Musicograma, nova série musical da TV Brasil que resgata a história dessa arte, a partir da digitalização do acervo da emissora. O programa semanal, que estréia no dia 3 de maio, à 0h30, traz em cada episódio dois grandes nomes da MPB. São imagens únicas como o duo de Rafael Rabelo e Elizeth Cardoso em um show no Teatro João Caetano, no início dos anos 80. Outra preciosidade é o dueto de Lúcio Alves e Dick Farney cantando a música Tereza da Praia, de Tom Jobim e Billy Blanco, no episódio 'Precursores da Bossa Nova'.
 
A origem mineira de Clara Nunes e João Bosco; a autenticidade da música regional de Gonzagão que influenciou seu filho, Gonzaguinha; o amor pela escola de samba Mangueira, cantado por Cartola e por Beth Carvalho. Essas relações, que vão além da música, entre dois artistas são a base da linha narrativa do programa. Cada edição de 30 minutos possui um tema voltado para o viés regional, herança musical, escolas de samba, duos, instrumentos, entre outros. Além dos musicais, os episódios também exibem depoimentos e curiosidades revestidos com uma roupagem contemporânea.

 
Na estréia, o episódio 'As Minas Gerais de Clara Nunes e João Bosco' mostra cenas de um especial de fim de ano com Clara Nunes, em 1979, gravadas no Parque da Cidade, no Rio de Janeiro. No especial, a música Guerreira, de Clara Nunes, é filmada em um plano sequência que dura mais de 2 minutos sem cortes numa linguagem cinematográfica. A cena foi produzida pelo jornalista, compositor e radialista Fernando Lobo, e a fotografia é de José Guerra, o Guerrinha. No mesmo programa, imagens de João Bosco em uma roda de samba cantando Linha de Passe. E a primeira interpretação do músico de O Bêbado e o Equilibrista.

 
Segundo o diretor do programa, Luiz Carlos Pires, cada musical guarda uma história. São mais de 200.000 horas de material, que vem sendo recuperado desde 2006. As imagens passaram por um processo de digitalização realizado por uma equipe especializada da emissora. O áudio também recebeu uma atenção especial. Musicograma revela um precioso acervo audiovisual, momentos históricos da MPB de um tempo que já se passou, mas que nunca poderá ser esquecido!

 
O diretor Luiz Carlos Pires garimpa o acervo em busca de imagens raras
 

Luiz Gonzaga reconta a sua vida em uma música de mais de sete minutos. À vontade no Morro da Mangueira, Cartola ao lado de Dona Zica. Moreira da Silva e Jards Macalé dividem o palco no Projeto Pixinguinha.

 
Essas e outras cenas memoráveis da música popular brasileira poderão ser vistas pelo público no Musicograma, nova série musical da TV Brasil. O projeto só foi possível graças à digitalização do acervo da antiga TVE. Um dos maiores do país dentro do tema, segundo o diretor do Musicograma, o veterano Luiz Carlos Pires. “Programas sobre música são uma tradição na TV pública brasileira. A TVE sempre teve e a TV Brasil vai manter isso”, comenta.

 
Diretor da antiga TV Educativa durante as décadas de 70 e 80, o próprio Luiz Carlos Pires ajudou a montar parte desse acervo que hoje serve de fonte para o Musicograma. Entre outros profissionais, Pires também lembra o trabalho de Dermeval Netto, Hermínio Bello de Carvalho e Carlos Alberto Loffler, na direção de musicais.

 
Sobre a concepção do programa, ele explica que, a cada episódio de meia hora, serão exibidos momentos de dois nomes da Música Popular Brasileira, unidos por um vínculo comum. Essa ligação pode ser feita de várias maneiras. “Podem ser ligações regionais, como 'As Minas Gerais de Clara Nunes e João Bosco', familiares, como 'Gonzagão e Gonzaguinha', ou instrumental, como 'o violão de sete cordas de Rafael Rebello e Yamandu Costa'”, exemplifica.

 
Para Luiz Carlos Pires, a escolha de falar de dois artistas ao mesmo tempo enriquece a proposta. “Falar de uma pessoa só seria cômodo, mas com duas nós podemos fazer links, acrescentar informações”. Como exemplo, Pires cita o programa sobre Cartola e Beth Carvalho. “Temos o compositor e a Beth, que ajudou a popularizá-lo. Podemos ver os dois interpretando As Rosas Não Falam. Um valoriza o outro”, defende.

 
Além do material com depoimentos e apresentações do acervo digitalizado, serão adicionados dados e curiosidades sobre os artistas. “O programa tem uma linguagem mais pop. Toda a programação visual é feita para dar uma cara nova às imagens de acervo, muitas antigas.”, explica Pires. A recuperação dos musicais, no entanto, não significa que as novidades da MPB vão ficar de fora. “O acervo não significa apenas coisa velha. Vale usar o material do ano passado. Temos um bem recente, por exemplo, que vai falar sobre a nova Lapa de Teresa Cristina e Roberta Sá”, ressalva.

 
O Musicograma vai ao ar toda segunda, à 0h30, com reprise as sextas, às 18h30.

 

EBC

Brasília
Departamento de Comunicação e Marketing
SCRN 702 / 3 Bloco B - Brasília/DF - 70720-620
Telefone: (55 61) 3327.4221

Rio de Janeiro
Rua da Relação, 18, 5º andar – Lapa – Rio de Janeiro/RJ – 20231-110
Telefone: (55 21) 2117.6208 / 2117.6200                                      sap@tvbrasil.org.br 

 
Comments | Links para esta postagem | edit post

Piadas-de-Argentinos 

George W. Bush e Tony Blair estão num jantar na Casa Branca.. Um dos convidados aproxima-se deles e pergunta-lhes:

- De que é que estão conversando de forma tão animada?

- Estamos fazendo planos para a terceira Guerra Mundial, diz Bush.

- Uau!', exclama o convidado. E quais são esses planos?

- Vamos matar 14 milhões de argentinos e um dentista, responde Bush.

O convidado parece confuso e pergunta:

- Um... dentista? Porque é que vão matar um dentista?

Blair dá uma palmada nas costas de Bush e exclama:

- Não te disse? Ninguém vai perguntar pelos argentinos!!

__._,_.__

-- 

Marcos Coimbra

www.bestbsb.com.br

Visite:

www.jeepclubedebrasilia.com..br 

  ___o___o.

//_|,[______\,

L___L--|ô|||||ô|

()_) ()_)--¤¤¤-)_)

Comments | Links para esta postagem | edit post

siterisco6

Trilha com Serra e lama é perigoso. 

O Lú, lá de Pernambuco, atolou no pé da Serra…

Mas uma jipeira Dilma figa o arrastou até passar a Serra…

Mas tinha uma Marina logo à frente e se afogaram. 

As Chavez não valiam nada;

E Ciro_mperam com o embalo na Marina. 

Saudades do Enééééaaasssss!!!!

Putz! Vou trabalhar!

[]’s apolíticos

Eldo.

Comments | Links para esta postagem | edit post

CACHORROS

Comments | Links para esta postagem | edit post

clip_image002_thumb[1]

    http://www.anovaordemmundial.com/2010/04/como-e-o-contrato-das-fornecedoras-da.html

    Onde estão os contratos entre as fornecedoras da vacina H1N1 e o governo brasileiro?

    No documento do Ministério da Saúde "Esclarecimentos sobre a vacina contra Influenza", onde tenta desacreditar as denúncias contra as vacinas, existe uma parágrafo que afirma:

    Indústrias farmacêuticas receberam imunidade judicial quanto a ações ocasionadas por efeitos da vacina, como morte e invalidez.

    Não temos essa informação.

    Vale registrar que o Ministério da Saúde, Agência Nac.. de Vigilância Sanitária (Anvisa) e os laboratórios produtores detentores do registro são responsáveis por registrar, acompanhar e avaliar os casos de eventos adversos associados à vacinação.

    O sistema de vigilância de eventos adversos pós-vacinal do Ministério da Saúde possibilita a identificação precoce de problemas relacionados com as vacinas distribuídos ou pós-comercialização, como objetivo de prevenir e minimizar os danos à saúde dos usuários.

    Em vários outros países, uma cláusula de imunidade para as companhias farmaceuticas foi incluída no contrato.

    Os EUA e Canadá estao entre estes países, como eu divulguei tempos atrás, também como aFranca. Nos posts de ontem ( aqui e aqui), vimos que a Polonia nao adquiriu vacinas contra o H1N1 pois as empresas produtoras de vacinas exigiam a cláusula de imunidade contra acoes legais.

    Diante destes fatos, porque será que com o Brasil poderia ser diferente?

    A única forma de dirimir esta dúvida é checando os detalhes destes contratos.

    Eu me pergunto então, onde estão estes contratos?

    Se são públicos, pagos com o dinheiro dos contribuintes, com certeza devem estar disponíveis em algum lugar para averiguação.

    Porque estes contratos nao foram disponibilizados para que estes ditos "rumores" e "boatos" sejam de fato esclarecidos?

    De acordo com esta notícia da Agencia Brasil, o governo comprou 40 milhões de doses da GSK, no valor de R$ 444,7 milhões, 33 milhões de doses da Sanofi-Pasteur, relativo a R$ 438,9 milhões, e ainda mais 10 milhões de doses do Fundo Rotatório de Vacinas da Organização Pan Americana de Saúde (Opas) ao custo de R$ 122,5 milhões, totalizando 1,006 bilhões, que vieram de crédito suplementar de R$ 2,1 bilhões de reais.

    Primeiramente eu tentei achar os gastos no portal transparência do governo, que no meu ver não é tão transparente assim.

    Não consegui localizar nenhum dos gastos acima.

    Próximo passo foi procurar no Diário Oficial da União pelos contratos firmados.

    Eu encontrei pareceres para projeto de pesquisa para producao de vacinas, Registro biológico da vacina Sanofi, e o mais quente, o "EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 2050/2009", de 29 de dezembro de 2009, no qual dispensa de licitação a aquisição de 40 milhões de doses de vacina contra o H1N1 pela GSK(GLAXOSMITHKLINE), no valor de meio bilhão de reais! Bem, até ai nenhuma novidade.

    O interessante é que este mesmo processo no mesmo valor aparece novamente no DOU de 21/01/2010 em um extrato de contrato , mas no NOME DE OUTRA EMPRESA! Esta outra empresa é a ID BIOMEDICAL CORPORATION OF QUEBEC, para a qual quase nao existe informacoes na internet.

    No mínimo meio suspeito, a licitação é dispensada para uma empresa, mas o contrato firmado com outra?

    De qualquer forma, eu não localizei em nenhum lugar o contrato propriamente dito.

    Alguém saberia onde encontrar???

    Eu encontrei também o extrato de convenio com o Butantan para a producao de 33 milhoes de doses, no valor de quase meio bilhao de reais.

    Não nos surpreende termos "especialistas" do instituto sendo entrevistados dizendo que os rumores sobre a vacina são infundados :

    Eu não encontrei no entanto o extrato de contrato com a Sanofi-Aventis, talvez porque o contrato fosse feito direto com o Butantan, que está sob controle do governo estadual de Sao Paulo?

    Eu localizei um extrato de termos aditivo com a SANOFI - AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA para o acréscimo em R$ 4.095,51, mas nada em relação ao lote principal.

    Eu encontrei vários contratos com licitação para produção de vacinas para gripe sazonal que conterão também a vacina para a gripe suína.

    Me parece que como estão vendo que a população está temerosa para tomar a vacina contra o H1N1, a OMS está orientado para misturá-la na vacina para a gripe sazonal, já que seria um tremendo fracasso para o atual governo se viesse a tona que 2 bilhões de reais foram desperdiçados.

    Os links para os DOUs estao no texto, mas eu segue mais abaixo o que eu localizei.

    Cabe lembrar o que poderia ter sido feito com estes 2 bilhões de reais:

    Vitamina D

    Um frasco com 360 doses de vitamina D3 5.000 UI (o necessário para combater a deficiência de vitamina D) custa em torno de R$36,08.

    Este valor é ao varejo, com certeza poderia ser diminuído pela metade ou até mais se fosse adquirida em grande quantidade.

    Com dois bilhões de reais poderia ser comprada pelo menos 55 milhões de frascos, o suficiente para quase 1/3 da população por um ano inteiro.

    Como a Vitamina D nao é patenteada, seria possível para o governo produzir quantidade necessária para toda a populacao com menos do que os 2 bilhoes gastos na vacina.

    Claro que além de proteger contra a gripe suína e outras gripes, a vitamina D teria outros efeitos benéficos, como evitar problemas de coração, osteoporose, diabetes, entre outros.

    Casas populares:

    Com dois bilhoes de reais desperdicados nesta campanha de vacinacao, seria possível a construção de 90.909 casas populares.

    Imagine o que poderia ser melhorado na saúde pública com este dinheiro??

    ---------------------------------------

    Dispensa de licitacao com a GSK

    DOU Nº 248, terça-feira, 29 de dezembro de 2009

    LINK

    DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA

    EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 2050/2009

    Nº Processo: 25000613161200935 .

    Objeto: Aquisição de 40.000.000 de doses de Vacina Humana Influenza Tipo A H1N1, vacina para administração por injeção intramuscular - frascos com no mínimo 10 doses/frasco.

    Total de Itens Licitados: 00001 . Fundamento Legal:

    Artigo 24, inciso IV, da Lei 8.666/93 .

    Justificativa: Trata-se de aquisição emergencial visto a pandemia da influenza do tipo a H1N1.

    Declaração de Dispensa em 24/12/2009 .

    VAGNER DE SOUZA LUCIANO .

    Diretor do Depratamento de Logística .

    Ratificação em 24/12/2009 .

    VAGNER DE SOUZA LUCIANO .

    Diretor do Depratamento de Logística .

    Valor: R$ 465.532.000,00 .

    Contratada :GLAXOSMITHKLINE BRASIL LTDA .

    Valor: R$ 465.532.000,00

    (SIDEC - 28/12/2009)

    250005-00001-2009NE900002

    ------

    Contrato com a ID BIOMEDICAL CORPORATION OF QUEBECDOU de Nº 14,

    quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

    LINK

    SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS

    A D M I N I S T R AT I V O S

    COORDENACAO-GERAL DE SERVICOS GERAIS

    EXTRATO DE CONTRATO Nº 67/2009

    Nº Processo: 25000613161200935.

    Contratante: MINISTERIO DA SAUDE -

    CNPJ

    Contratado: ESTRANGEIRO.

    Contratado : ID BIOMEDICAL CORPORATION OF QUEBEC.

    Objeto: Aquisição de 40.000.000 de doses de Vacina Humana Influenza Tipo A H1N1.

    Fundamento Legal: inciso IV do artigo 24 da Leinº 8666/93.

    Vigência: 30/12/2009 a 30/06/2010.

    Valor Total: R$465.532.000,00.

    Fonte: 351000000 – 2009NE904949

    Fonte: 355000000 - 2009NE904950.

    Data de Assinatura: 30/12/2009.

    (SICON - 20/01/2010)

    250005-00001-2010NE900001

    ---------------------------------------

    Achei também algo estranho.

    Algo que já havia lido em outros lugares e porcamente explicado.

    Sendo o AH1N1 supostamente uma nova gripe, como é que existe patente da vacina em 2008?

    Eu achei vários diários da uniao com contratos para vacina AH1N1, como por exemplo:

    RESOLUCAO-RE Nº 278, DE 31 DE JANEIRO DE 2005

    AVENTIS PASTEUR LTDA 1.01609-0Cepa influenza tipo A (H3N2) + Cepa influenza tipo A (H1N1) + Cepa influenza tipo B

    Pg. 36 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 12/03/2004 

    INSTITUTO BUTANTAN 1.02234-0

    Cepa influenza tipo A (H3N2) + Cepa influenza tipo A (H1N1) + Cepa influenza tipo B

    RESOLUCAO-RE Nº 1.082, DE 4 DE JULHO DE 2003 (*) 

    AVENTIS PASTEUR LTDA. 1.01609-0 CEPA INFLUENZA TP A(H3N2),CEPA INFLUENZA TP A (H1N1),CEPA INFLUENZA TP B 0801011 VACINAS

    VACINA CONTRA GRIPE ‘VIRUS PURIFICADO 25000.006871/92-12 08/2004

    Sistema de vigilância de eventos adversos pós-vacinal

    Este sistema deveria centralizar todos os casos de reações adversas.

    Eu estou tentando obter um relatório destes eventos, estou ainda esperando resposta final das autoridades.

    Me parece que alguém não quer divulgar estas informações, pois já fui mandado de um lugar para o outro pelo menos umas 10 vezes.

    Podemos ver que está havendo uma pressão para não admitir nenhum efeito adverso como provocado pelas vacinas.

    Vimos o bebê de menos de 2 anos que teve sérios problemas horas depois, que o hospital diagnosticou como "infecção no sistema nervoso e na medula.".

    No outro dia um outro hospital declarou que após exames se verificou que os sintomas apresentados não foram causados pela vacina.

    Não é de se surpreender que as ditas autoridades da saúde gritem por aí dizendo que a vacina não provocou nenhuma reação, já que qualquer reação que ocorre nunca terá relação com a vacina.

    "Boa" estratégia, mas a verdade está finalmente vindo a tona!

    Fontes:

    Ministério da Saúde: Assunto: Esclarecimentos sobre a vacina contra Influenza 

    Notícias relacionadas :

    Brasil

       

  • Irregularidades na Importação do H1N5 para o Brasil???

  • G1: Confirmada segunda morte por reação à vacina contra febre amarela no RS

  • ANVISA: Alimentos não tem propriedades terapêuticas, uma vez que são características próprias de medicamentos

  • Documento de Estratégia de Vacinação Nacional Contra H1N1 Prevê Doenças Graves como Guillan Barre

  • Pará: Bebê morre ao receber vacina contra Gripe A

  • Carta de Médico Contrário a Vacinação

  • Participe!!!! Petição Para Suspensão da Vacinação Contra a Gripe A H1N1

  • Lei de Vacinação Obrigatória no Brasil

  • O Brasil está acordando????

  • Vídeo: Levante Sua Voz

  • Quem Pagou a Conta: A CIA na Guerra Fria da Cultura

  • Ex-advogado do Monsanto pode assumir Advocacia Geral da União

  • Juiz de Direito de MG Denuncia Sociedades Secretas de se Infiltrarem no Judiciário

  • Fornecedora da vacina utilizada no Brasil sendo processada na França

Comments | Links para esta postagem | edit post
 
aire 
 

INSTITUTO ETHOS ABRE INSCRIÇÕES

 PARA A CONFERÊNCIA INTERNACIONAL 2010

O Mundo Sob Nova Direção.

Sustentabilidade: O Novo Contrato da Sociedade com o Planeta.

Estão abertas as inscrições para a 12a. Conferência Internacional Empresas e Responsabilidade Social do Instituto Ethos.

Esta edição ocorrerá entre 11 e 14 de maio de 2010, no Hotel Transamérica, em São Paulo.

A Conferência terá toda a sua programação baseada na Carta da Terra, uma declaração de princípios éticos fundamentais para a construção de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica.

Como já se tornou tradicional, a Conferência Internacional 2010 será iniciada com o debate “RSE na Mídia”, no dia 11 de maio.

Que em ano de eleições trará o debate “A Imprensa como Indutora da Sustentabilidade na Pauta Política”.

Esta atividade é aberta ao público, assim como a 3ª edição da Mostra de Tecnologias Sustentáveis, que vai se realizar simultaneamente à Conferência Internacional, no local.

A Conferência Internacional 2010 será mais interativa e participativa: o público será convidado a selecionar os momentos que quer vivenciar durante o evento:

Compartilhar, Debater ou Aprender e também poderão propor novas discussões.

Outra novidade serão as atividades propostas pelos parceiros nacionais e internacionais da Conferência:

Instituto Akatu, Movimento Nossa São Paulo, Business for Social Responsibility, Fórum Empresa, Global Reporting Initiat ive, Pacto Global da ONU, Sustainability e Volans.

As inscrições podem ser feitas exclusivamente pelo site:

www.ethos.org.br/ci2010

Apoio: Planeta Voluntários

Mais informações:

Instituto Ethos – Assessoria de Imprensa

Comments | Links para esta postagem | edit post

28qui-cartum-batsow.jpgCIGARROS

“A língua é minha pátria
E eu não tenho pátria, tenho mátria
E quero frátria.”

Alguns versos da letra da música: LÍNGUA de Caetano Velozo.

“…da família à cidade , passando pela gens e pela fratria, do Lar doméstico ao Lar comum, e esta visão da cidade como uma igreja;…”

Umas palavras do comentário que François Hartog fez do livro A CIDADE ANTIGA de Fustel de Coulages

Quem conhece as duas obras, pode dizer que é muita audácia, insulto, ou verdadeira ignorância comparar as duas obras.

A “língua” não é um objeto estático, parado no tempo; mas é uma variante, que a medida que o tempo passa…

Melhor ou pior, à medida em que a mensagem vai sendo transmitida, a língua vai sendo transformada.

A brincadeira irônica do Caetano Velozo com a letra da música define bem a trajetória do uso da língua no Brasil.

Uma língua que define bem a pátria chamada Brasil, um país de dimensão continental, ou quase; uma língua pátria.

Mas não é a mesma língua para todos, pois o que vale para uns, não vale para outros.

Alguém já ouviu a mal falada frase: “Você sabe com quem você está falando?

Isso não é uma pátria, o Brasil não é uma Pátria; é uma mátria que dá sambódromo, futebol, subemprego; uma mãe nada gentil.

Segundo algumas palavras do comentário de François Hartog, os povos passaram pela gens e pela fratria.

Passaram do lar doméstico, ao lar comum, constituindo a família, formando a cidade, cheia de usos, tradições e costumes processados em igreja. 

É aqui que se misturam os dois textos, pois com o passar dos séculos a igreja vira uma torre, várias torres, imensas “babéis”, cada uma com a sua “Língua.”

Comments | Links para esta postagem | edit post

Língua

Língua
Caetano Veloso

Gosta de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de Camões
Gosto de ser e de estar
E quero me dedicar a criar confusões de prosódia
E uma profusão de paródias
Que encurtem dores
E furtem cores como camaleões
Gosto do Pessoa na pessoa
Da rosa no Rosa
E sei que a poesia está para a prosa
Assim como o amor está para a amizade
E quem há de negar que esta lhe é superior?
E deixe os Portugais morrerem à míngua
“Minha pátria é minha língua”
Fala Mangueira! Fala!

Flor do Lácio Sambódromo Lusamérica latim em pó
O que quer
O que pode esta língua?

Vamos atentar para a sintaxe dos paulistas
E o falso inglês relax dos surfistas
Sejamos imperialistas! Cadê? Sejamos imperialistas!
Vamos na velô da dicção choo-choo de Carmem Miranda
E que o Chico Buarque de Holanda nos resgate
E – xeque-mate – explique-nos Luanda
Ouçamos com atenção os deles e os delas da TV Globo
Sejamos o lobo do lobo do homem
Lobo do lobo do lobo do homem
Adoro nomes
Nomes em ã
De coisas como rã e ímã
Ímã ímã ímã ímã ímã ímã ímã ímã
Nomes de nomes
Como Scarlet Moon de Chevalier, Glauco Mattoso e Arrigo Barnabé
e Maria da Fé

Flor do Lácio Sambódromo Lusamérica latim em pó
O que quer
O que pode esta língua?

Se você tem uma idéia incrível é melhor fazer uma canção
Está provado que só é possível filosofar em alemão
Blitz quer dizer corisco
Hollywood quer dizer Azevedo
E o Recôncavo, e o Recôncavo, e o Recôncavo meu medo
A língua é minha pátria
E eu não tenho pátria, tenho mátria
E quero frátria
Poesia concreta, prosa caótica
Ótica futura
Samba-rap, chic-left com banana
(– Será que ele está no Pão de Açúcar?
– Tá craude brô
– Você e tu
– Lhe amo
– Qué queu te faço, nego?
– Bote ligeiro!
– Ma’de brinquinho, Ricardo!? Teu tio vai ficar desesperado!
– Ó Tavinho, põe camisola pra dentro, assim mais pareces um espantalho!
– I like to spend some time in Mozambique
– Arigatô, arigatô!)
Nós canto-falamos como quem inveja negros
Que sofrem horrores no Gueto do Harlem
Livros, discos, vídeos à mancheia
Deixa que digam, que pensem que falem.

.
Comments | Links para esta postagem | edit post

Pessoal,

Meu primo, que mora em Niterói e administra duas creches filantrópicas, sendo uma nas imediações do Morro do Bumba, está organizando um mutirão para ampliação da creche (que não está em área de risco), para que esta possa acolher os filhos dos moradores da região afetada pelo deslizamento do lixão.

Eles estão recolhendo fundos para a compra de materiais de construção, pois a mão de obra eles já conseguiram com as pessoas da comunidade.

Um depósito da região já se comprometeu em vender todo o material necessário pelo preço de custo.

Eles estão precisando levandar + ou - R$ 20.000,00

Quem puder ajudar, por favor, entre em contato.

fabiocotrim@yahoo.com.br

Comments | Links para esta postagem | edit post

imagem
Há em toda pessoa o irresistível desejo ou instinto de ser "importante" - e isto não é sintoma mórbido, porquanto cada pessoa é imensamente importante, segundo os planos do Criador.

Cada personalidade é única, original, inédita - nunca existiu ser igual nem jamais virá a existir um ser igual a este Ego, que sou eu, que és tu, que é ele, ela...

O erro não está no desejo de ser "importante" - o erro está no modo como muitas pessoas procuram ser importantes.

Há três possibilidades de ser importante:
- pelo isolamento;
- pela oposição;
- pela integração.


O Eu sem nós é apatia.
O Eu contra o Nós é antipatia.
O Eu com o Nós é simpatia.


Só no terceiro caso é que surge verdadeira grandeza, importância e felicidade - mas é tão difícil compreender tamanha verdade.
Há em toda pessoa um anseio latente, potencial, de se integrar num Todo maior do que o indivíduo, um Todo que dê ao indivíduo a sua última razão-de-ser, o sentido real da sua existência e atividade. 

Sexo e amor, a necessidade de estima e reconhecimento, a ânsia de glória e poder, o impulso de adquirir valores materiais, intelectuais, espirituais - tudo isto são outras tantas expressões parciais, mais ou menos inconscientes, desse profundo e vasto substrato do nosso Eu, que sente obscuramente a sua parcialidade a bradar pela totalidade.

É também esta a razão porque "o amor é o vínculo da perfeição", porque amor diz integração, universalidade, totalidade - ao passo que desamor ou egoísmo é visceralmente contrário a tudo isto. 

Sendo que Deus é a Totalidade Absoluta, tanto mais divino é um homem quanto mais alto o seu grau de totalidade e universalidade, isto é, de amor. 

Não incluir, ou até excluir do seu amor um único ser, é falta de totalidade e universalidade, falta de "divindade". 

Felicidade, beatitude profunda e sólida só é encontrada nesse caminho de integração da parte no todo, do indivíduo no Universal, do relativo no Absoluto, da criatura no Criador. É esta a voz do Cosmos, e felicidade não é senão sintonização do pequeno indivíduo com o grande Todo.

"Ser igual a Deus" é a linguagem bíblica para exprimir esse anseio de todos os seres. "Como o veado anseia pelas torrentes de água, assim anseia minha alma por ti, Senhor"...

Sendo que em Deus tudo está, dele tudo vem, é lógico que a ele tudo volte. É o eterno e universal teo-tropismo dos efeitos pela Causa.

A princípio, parece ao inexperiente, ao semi-experiente, que essa integração seja uma renúncia à liberdade - em de fato, o principiante anseia por essa integração no Todo a fim de se sentir seguro: sacrifica a liberdade pela segurança, como ele diz; prefere sentir-se seguro sem liberdade a ser livre sem segurança. Mais tarde, porém, o iniciando ou iniciado descobre que liberdade não é contrária à segurança, mas que a única segurança real e indestrutível está na liberdade - naturalmente, numa liberdade incomparavelmente mais elevada do que aquela que ele conhecia a princípio.

O verdadeiro místico é um homem seguramente livre e livremente seguro, porque totalmente integrado no Todo. E, como liberdade e segurança é felicidade, esse homem nunca mais poderá apostatar dessa vasta integração, que é a Vida Eterna e à Eterna Felicidade...


-- 
(¨`·.·´¨) ( ¨`·.·´  ) (Malú) (¨`·.·´¨) (¨`·.·´¨)
B`·.¸.·´J `·.¸.·´ K `·.¸.·´ A `·.¸.·´S `·.¸.·´

Comments | Links para esta postagem | edit post

IGREJINA: A CAROLINA TRISTE

29sex-televilao-canini

O mundo mudou e só “igrejina” não viu...

Ora, o mundo é “concreto” demais para amar o invisível...

Por isto os hebreus, quando se tornaram judeus, fizeram um Templo e praticamente adoravam mais ao Tempo do que a Deus.

Os cristãos originais resistiram quase 300 anos sem as “concreções” do mundo;

Depois se entregaram à Constantino e se tornaram uma Religião;

E depois um Império;

E hoje tem ainda seu Estado Vaticano;

E os contrários têm seus impérios próprios...

O Protestantismo rebelou-se contra isto; mas nem tanto...

Fez uma Dieta...

Tirou os ídolos dos nichos...

Diluiu em sua prática de autoridade a força demoníaca da autoridade papal...

Porém, não podendo existir em meio a tanto valor abstrato apenas, fez de suas doutrinas as suas “realidades concretas”;

Fez da Bíblia/Livro/Sagrado seu ídolo contra os ídolos;

Sem falar que fez do “púlpito” sua “Arca da Aliança;

Sim, fez o seu “lugar santíssimo” [o templo/igreja];

E criou sua “classe sacerdotal”: os pastores, bispos e autoridades espirituais...

Os Islâmicos também são “monoteístas” de um Deus com terra própria;

E mais: um Deus que somente ouve orações feitas a “Ele” com o corpo alinhado ao GPS geográfico de Meca, na Arábia Saudita;

E ainda: com hora marcada para as orações [...] cinco vezes ao dia...

Entretanto...

O convite de Jesus é para o nada mesmo...

Sim, é um seguir sem colunas, sem altares de pedra, sem templo pra fora, sem textos sagrados; mas apenas com Cartas Vivas; sim, escritas nos corações...

O mundo, todavia, mudou; e só igrejina não viu!

É claro que teremos o judaísmo, o cristianismo e o islamismo por muito tempo ainda...

Mas serão poderes em decadência!

As novas religiões com apelo na Terra são as que não têm ideologia política e nem autoridades fixas instituídas...

Ou seja: o mundo, na Era Quântica, está cada vez mais preparado para lidar com a fé pura e simples no Espírito;

No Deus que é;

Embora não pareça que assim seja.

Você liga a tevê e percebe que para cada dez séries sendo exibidas no cabo, três ou quatro lidam com o paranormal, com assombrações ou com óvnis...

Ora, as três coisas são equivalentes à expressões como sobrenatural [paranormal], opressão ou possessão demoníaca [assombrações];

Ou ainda a designações como Arcanjos, anjos, principados e potestades [óvnis]...

Pelo menos uma vez por semana [...] penso demonstrar no “Papo de Graça

www.vemevetv.com.br

Que a relação entre tais coisas é total, apenas variando na linguagem;

Sendo, portanto, uma diferenciação que se estabelece como diferente no dizer;

E, sobretudo, em razão do “condicionamento” que a mente cristã ocidental tem em relação ao que seja o sobrenatural, o que sejam os demônios, fantasmas ou espíritos...

E pior: com relação aos óvnis poucos discernem que são os velhos e mesmos seres que aí estão desde a antiguidade [vide o livre de Ezequiel];

— Uns servindo ao Pai dos espíritos, o Senhor; outros servindo seu egoísmo e narcisismo alienígenas ou angélicos [para o mal]...

Somente quando os paradigmas de nossas interpretações milenares e sedimentadas em nós como fato caem por terra

— É que nossa mente se abre para ver como nunca antes a humanidade esteve mais próxima dos poderes e realidades espirituais do que hoje!

Como Jesus predisse estaríamos também diante de coisas espantosas e de grandes sinais do e no céu!

Pois bem, as coisas cada vez mais espantosas nos cercam e cercarão;

E os sinais nos e dos céus apenas aumentam e aumentarão diante de nós!

Na Terra angustia, medo, desmaios de pânico;

Calamidades globais, regionais e locais; guerras, ameaças contínuas e homens com surto de poder mundial;

Na vida em geral Ele disse que cresceria a frieza e o desamor, e que por tal razão viriam as corrupções, as manipulações, o hedonismo das surubas, a bissexualidade como experimento das angústias e da falta de sentido;

E tudo o mais que faz do mundo exatamente o lugar de agonia que ele é dia a dia mais e mais...

Ora, o que me assusta é ver que igrejina continua a não ver...

Sim, o mundo está acabando, mas igrejina pensa que se elegerem muitos evangélicos para os cargos de mando, o mundo mudará;

Sem ver que dentre as expressões do que seja mundo em decadência, ela, igrejina, quase não tem concorrente...

Deus nos livre de um mundo de “Deus”!

Sim, do “Deus” da igrejina, do judaísmo ou do islamismo...

O mundo estará melhor sem religião alguma do que com a gestão de tais principados e potestades religiosos!

Você pergunta: o que isso afeta a fé no Evangelho de Jesus?

Minha resposta é um simples em Nada!...

Afinal, a dissolvência de tais poderes tira todo engano de poder que alguns discípulos ainda têm [pelo vício do Cristianismo]

— E os coloca no lugar sem lugar; em fraqueza e serviço simples e amoroso [...];

Que faz igrejina virar Igreja de Deus entre os homens;

Sim, ainda que sem poder segundo o mundo, mas cheia do poder que abala os poderes visíveis e invisíveis, como foi desde o principio o desejo de Jesus. 

O sal há que se dissolver na terra!...

Sim; pois somente com a dissolvência do sal na terra a Luz brilhará no mundo;

não de um velador  feito por mãos de homens;

Posto que serão torres invisíveis;

Sim, feitas de Luz simples [...] que brilhará de aparente lugar algum...

Entretanto, somente os que ficarem livres de toda idolatrias religiosa conseguirão ver o que digo!...

 

Nele, em Quem sei que falo,

 

Caio

11 de abril de 2010

Lago Norte

Brasília

DF

www.caiofabio.net

www.vvtv.com.br

Comments | Links para esta postagem | edit post